Aplicativo híbrido: entenda o que é e conheça as principais vantagens para empresas

Cada vez mais brasileiros estão usando o celular para acessar a internet, e isso não deve ser ignorado pelo mundo corporativo. Estamos vivendo na “era mobile”, e o desenvolvimento de aplicativos é uma excelente forma de se conectar a clientes, vender mais e fortalecer a marca.

Agora, você sabe que tipo de aplicativo é melhor para a sua empresa? Um app pode ser nativo, PWA ou híbrido. Para ter sucesso no mundo mobile, é preciso escolher considerando o lado técnico e estratégico de cada negócio.

Neste artigo, vamos focar em uma dessas opções, o aplicativo híbrido — solução adotada por grandes empresas, como Facebook e Evernote, que chama a atenção por reunir vantagens das linguagens web e dos apps nativos. Vamos lá? Boa leitura!

O que é aplicativo híbrido?

O app híbrido é desenvolvido em linguagens web, mas se apresenta e se comporta como um aplicativo nativo — que utiliza linguagem específica —, funcionando como uma união entre os dois modelos e sendo inclusive instalado em lojas de apps (como a App Store e a Play Store).

Essas características fazem com que ele seja criado de maneira mais rápida e econômica sem deixar de atender de forma satisfatória ao usuário final.

Como um aplicativo híbrido funciona?

Ele trabalha de forma muito parecida com uma aplicação web, justamente por ser desenvolvido com essa linguagem, como HTML5, CSS e JavaScript. No entanto, como você deve imaginar, apenas linguagens e ferramentas para web não são suficientes para fazer um software funcionar em um sistema mobile.

É aqui que entram os frameworks para desenvolvimentos de apps híbridos, como o Ionic e o PhoneGap, os quais contam com um código nativo para o sistema (ou sistemas, de acordo com as configurações escolhidas pelo desenvolvedor) que permite instalar o código web e fazê-lo funcionar corretamente no mobile.

Dessa forma, o navegador, os plugins e as demais características das aplicações web ficam no back-end, ou seja, não são vistos pelo usuário final. Internamente, existe uma parte híbrida (linguagem web+nativa), mas o layout é igual ao app nativo.

Outra característica de funcionamento é que o aplicativo híbrido não se limita às bibliotecas internas ou às funções do celular, além de ser acessado pela web. É comum ver integrações entre sites e apps híbridos, como é o caso do Instagram, que é acessado pelo navegador e pelo aplicativo.

Quais são as vantagens do aplicativo híbrido?

Agora que você já entendeu o que é aplicativo híbrido e como ele funciona, chegou o momento de conhecer os seus benefícios. Veja quais são na sequência.

Desenvolvimento ágil

A construção de um aplicativo híbrido é mais prática e rápida. Apenas uma parte do código precisa ser escrita pelos desenvolvedores, e a outra é proveniente do kit de desenvolvimento do framework.

Além disso, eles são desenvolvidos em linguagens que já são velhas conhecidas dos programadores mais experientes. Sendo assim, a contratação é mais rápida e mais econômica se comparada à mão de obra necessária para apps nativos, por exemplo.

Com menos tempo investido no desenvolvimento da plataforma, sobra mais energia e horas de trabalho para realizar melhorias e otimizar a experiência do usuário.

Multiplataformas

Um app nativo precisa ser desenvolvido em linguagens específicas para cada sistema. Dessa forma, caso queira atingir um número maior de pessoas, a empresa precisa desenvolver uma versão para Android e outra para iOS — o que demanda mais tempo, dinheiro e mão de obra especializada. Com ajuda do framework, o time de desenvolvedores configura rapidamente o projeto híbrido para ser aplicado para Android, iOS ou ambos os sistemas.

Economia

Nós entendemos que os gastos com tecnologia, na verdade, são investimentos. Afinal, trazem vários retornos positivos para o negócio. Porém, isso não quer dizer que economia de recursos durante o desenvolvimento não seja bem-vinda.

Com apps híbridos, como vimos, aproveita-se o mesmo código-fonte para sistemas Android e iOS. Isso é ótimo porque permite que as empresas atinjam pessoas sem pagar pelo desenvolvimento de uma solução específica para cada plataforma. Desse modo, uma economia de pelo menos 50% é garantida.

Manutenção facilitada

Fazer uma melhoria ou correção de bug em um aplicativo nativo envolve o desenvolvimento de duas bases de código, uma para cada plataforma. Como isso é unificado no software híbrido, o time de desenvolvimento só precisa se preocupar em fazer as alterações em um código-fonte, e os usuários de todas as plataformas vão ser beneficiados.

Isso sem contar que as atualizações são instantâneas. Assim, o usuário não precisa fazer uma reinstalação para ter a última versão do app, e o desenvolvedor não precisa entrar nas lojas para subir essas versões. Bem mais simples!

Quais são os aplicativos híbridos mais utilizados?

No começo, os aplicativos híbridos tinham uma qualidade muito inferior em relação aos nativos. A tecnologia ainda estava em experimentação, e os desenvolvedores conseguiam apenas simular um aplicativo, inserindo um site dentro de uma classe nativa do celular.

Isso fazia com que a experiência do usuário não fosse satisfatória. Não se podia fazer quase nada do que era feito em um app nativo. Hoje em dia, a tecnologia avançou muito e, graças aos frameworks e outras inovações tecnológicas, é possível construir incríveis softwares customizados de forma híbrida.

Essa maneira mais democrática, rápida e barata de construir no mobile é uma tendência no mundo inteiro. Inclusive, é bem provável que você use ou já tenha usado um app com essa tecnologia. Duvida? Então, veja a seguir alguns dos aplicativos híbridos mais utilizados do mundo!

Netflix

Quem quer assistir séries e filmes da Netflix pelo celular, pode instalar o app da empresa no seu celular Android ou iOS. O aplicativo é híbrido e recebe elogios por sua navegabilidade, funcionalidades e qualidade de vídeo/som.

Evernote

O Evernote é um aplicativo de organização pessoal com design intuitivo e ótimo desempenho, estando na lista de apps híbridos mais utilizados do mundo. Com mais de 1,5 milhão de downloads na Google Play, a solução conta ainda com avaliação 4,4 (em 5) na App Store.

Facebook

Você sabia que, em 2020, o Facebook foi o app com o maior número de usuários ativos mensais e o segundo mais baixado do mundo? O app foi construído de forma híbrida, sendo um ótimo exemplo de como essa tecnologia evoluiu.

Amazon App Store

A Amazon, muito conhecida pelo cloud computing, também possui uma loja de aplicativos disponível para Android e FireOS. A Amazon App Store foi desenvolvida com tecnologia híbrida e é uma das poucas alternativas de qualidade ao Google Play.

Aplicativo híbrido, nativo ou PWA?

Além dos aplicativos híbridos e nativos, sobre os quais já falamos bastante neste artigo, também existe o aplicativo PWA — que é uma página web com funcionalidades de uma aplicação mobile utilizada apenas pelo browser do celular.

Ela não pode ser incluída em lojas de aplicativos, não se comunica com outros apps e tem uma série de limitações. No entanto, é uma boa opção para projetos simples, já que econômica, segura e prática.

Então, qual é o melhor jeito de fazer o desenvolvimento de aplicativos? Não existe certo ou errado, pois todos os formatos contam com vantagens e desvantagens. Para decidir qual será utilizado, é fundamental entender as necessidades de cada projeto, as exigências dos usuários, os objetivos da aplicação e os recursos disponíveis.

Se a ideia é um aplicativo para Android e iOS, com facilidade de manutenção e custo reduzido, considere desenvolver um app híbrido. No entanto, se tempo e dinheiro não forem problemas, um aplicativo nativo é uma opção interessante em projetos mais complexos — já que, por ter um código único, geralmente tem uma performance melhor e menos limitações.

O aplicativo híbrido tem muitas vantagens, com destaque para a economia de tempo e dinheiro, mas isso não significa que ele vai ser a solução ideal para todos os projetos. É importante contar com apoio profissional e especializado para analisar as opções de forma cuidadosa, avaliando questões estratégicas, técnicas, de marketing e financeiras.

Agora, que tal conhecer um case para entender melhor o funcionamento prático de um app híbrido? Aqui na Imaginedone, nós já aplicamos com sucesso essa tecnologia em várias empresas e uma delas é a Eurobike. Até a próxima!

Achou esse artigo útil? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Cadastre-se gratuitamente para receber nosso conteúdo