Aplicativo PWA: o que é e como ele pode ajudar empresas

A cada ano que passa, mais pessoas utilizam os dispositivos móveis para se conectar à internet e ter as mais diversas experiências. Segundo dados do Statista divulgados em 2019, mais de 60% do tráfego da web é gerado por smartphones.

Nesse cenário, torna-se cada vez mais essencial às empresas investir em ferramentas que otimizem a operação e gerem percepções positivas no acesso mobile de clientes e parceiros. É justamente aí que entra o aplicativo Progressive Web Apps (PWA).

O recurso foi desenvolvido para ser uma alternativa aos aplicativos nativos, que ocupam mais espaço na memória dos dispositivos, entre outras características. Por esse e outros motivos, o aplicativo PWA está se tornando uma tendência a qual não pode ser desperdiçada por organizações que buscam acompanhar o mercado e melhorar continuamente os resultados.

Quer saber mais sobre o conceito e como sua empresa pode utilizar a ferramenta? Então, acompanhe o nosso guia!

O que é um aplicativo PWA?

Para que você entenda do que se trata o PWA, é importante fazermos uma contextualização. Nos primórdios da internet, ela era utilizada basicamente para pesquisas e interações. Todavia, com o passar dos anos, houve uma verdadeira revolução tecnológica que modificou a sua utilização e as razões pelas quais os usuários a acessam.

Isso incluiu os aplicativos desenvolvidos para executar uma infinidade de funções, como mensageiros on-line, streaming, editores de fotos e vídeos e gerenciadores.

Na mesma medida em que facilitam o dia a dia de usuários, a variedade de apps no mercado faz com que muitos deixem de acessar alternativas que, a princípio, chamam a atenção, mas requerem download e espaço de armazenamento nos dispositivos.

Em função de uma necessidade crescente por soluções ainda mais práticas e acessíveis, foi criado o aplicativo PWA, o qual nada mais é do que um site acessado via navegadores móveis. Seu objetivo é facilitar o acesso ao mesmo tempo que leva o usuário a se sentir em um aplicativo.

A principal diferença com os apps nativos, no entanto, é que rodam diretamente no navegador do celular, dispensando o uso da memória do dispositivo. Em uma realidade na qual os smartphones estão cada vez mais cheios de ferramentas e aplicações, o que pode impossibilitar ou desanimar o usuário de fazer downloads, o aplicativo PWA faz uma grande diferença.

Como o aplicativo PWA funciona?

O PWA é uma aplicação híbrida que une mobile e web. Para ficar mais claro, imagine que você acessa um site com o qual se identifica. Logo, nota que tem a possibilidade de adicioná-lo à homepage de aplicativos do celular sem necessitar do download.

A partir daí, passa a ter acesso a todas as funções que havia no browser, porém sem nenhuma informação em tela além da aplicação. Ou seja, toda a interface do navegador, o que inclui barra de endereços, botões e outros, é removida.

Apesar de à primeira vista parecer com os aplicativos nativos, os quais se encontram na Google Play Store e App Store, por exemplo, há diferenças importantes entre os dois modelos, fazendo com que um não anule o outro. As principais características do aplicativo PWA são:

  • pode ser usado em qualquer browser ou dispositivo;
  • enviar push notifications;
  • funciona of-fline;
  • atualiza automaticamente;
  • permite inserir ícone integrado na tela principal do celular;
  • acesso a recursos dos equipamentos, como câmera, galeria, contatos e geolocalização;
  • oferece experiência similar a um app nativo.

Quais são as principais vantagens do PWA?

Agora que você já conhece o conceito e as características dos aplicativos PWA, provavelmente está se perguntando quais os benefícios de adotá-lo na sua empresa.

Para se ter uma ideia, alguns dados do AppInstitute são que esses apps proporcionam um aumento de 68% no tráfego móvel, reduzem em 25 vezes o uso de armazenamento dos dispositivos e otimizam em 53% a conversão e aumentam 153% o engajamento.

Somente por aí dá para ter uma noção do que a tecnologia certa faz pelo seu negócio, não é mesmo? Confira outros benefícios a seguir.

1. Baixo custo de desenvolvimento

Certamente, uma das metas em comum entre todas as empresas é reduzir custos ao mesmo tempo que eleva os resultados. Isso é possível com a utilização de aplicativos PWA, os quais têm um custo de desenvolvimento reduzido. O motivo é que não requerem versões diferentes para vários dispositivos.

Nesse caso, um único aplicativo atende aos requisitos de todos os endpoints no qual opera, o que minimiza os esforços dos desenvolvedores e, consequentemente, os investimentos das empresas.

2. Aparência semelhante à dos apps nativos

Como citamos, apesar de ter um funcionamento diferente em relação aos aplicativos nativos, a interface do PWA é similar, o que vai ao encontro do perfil dos usuários atuais, os quais dão preferência ao mobile e usam os apps para as mais diversas funções.

Os Progressive Web Apps oferecem uma experiência avançada, integrando a aparência de aplicações nativas com o melhor desempenho de um site.

Além de oferecerem a mesma experiência dos apps nativos, têm a velocidade e a capacidade de resposta de sites com acesso a banco de dados e dados automáticos.

Como consequência, os mecanismos de busca os indexam, sendo possível localizar os PWAs durante as pesquisas na internet.

3. Engajamento

Entre os diferenciais do PWA, está a capacidade de enviar notificações push, as quais consistem em mensagens que aparecem na tela principal dos dispositivos com o objetivo de enviar conteúdos relevantes para os usuários e conquistar tráfego e engajamento.

Com a tecnologia, as organizações podem planejar as melhores estratégias de marketing e publicidade para atrair e conquistar clientes.

Por que esse é um ponto importante quando se trata dos PWAs? A resposta é que boa parte dos usuários permite o envio de notificações, algo que aumenta consideravelmente o sucesso de campanhas e promoções visando ao relacionamento, às vendas e à otimização de resultados.

4. Mobilidade

Ao contrário dos aplicativos nativos, que exigem muito dos sistemas operacionais e dos recursos técnicos dos dispositivos, o PWA funciona em qualquer lugar. Ou seja, um único aplicativo pode atender à demanda de vários consumidores, bem como fornecer uma experiência do usuário uniforme em diferentes equipamentos.

Na mesma medida, esse tipo de aplicativo permite suporte cruzado para quem alterna entre dispositivos, fazendo com que acessem sempre as mesmas configurações e dados.

Isso também contribui para os processos de automação comercial, já que as organizações que utilizam da solução sabem que a aplicação terá a mesma performance e funcionamento independentemente do dispositivo pelo qual os colaboradores vão acessá-la.

5. Segurança

Outra vantagem importante é a segurança dos PWAs em relação aos apps nativos. Isso porque contam com HTTPS para fornecer proteção de dados e minimizar o risco de problemas como vazamentos, pois o protocolo impede a espionagem e a adulteração de conteúdo.

Além de contribuir com a operação das empresas, isso também auxilia diretamente no cumprimento das diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor em 2020.

Esses são apenas alguns aspectos que mostram como a adoção dessa ferramenta auxilia os negócios. Entretanto, vale frisar que o sucesso das ações depende de entender as necessidades internas, os objetivos e os obstáculos a superar.

Quais são os desafios?

Assim como quaisquer outros recursos emergentes, o PWA também apresenta alguns desafios a serem superados, como:

  • não é possível adicioná-los a lojas de aplicativos dos sistemas operacionais, o que impossibilita a concorrência nesses meios;
  • suporte cross-browser, ou seja, cada navegador é um universo diferente;
  • sem acesso à comunicação com outros aplicativos, bem como sensores, vibração, entre outros recursos dos dispositivos;
  • interface web pode perder desempenho em aplicações mais pesadas;
  • pode passar a imagem de não legitimidade quando relacionado aos aplicativos nativos, o que acaba por gerar desconfiança.

Entretanto, tudo depende de como o PWA será explorado por uma empresa. Ou seja, conforme o objetivo e o projeto, é possível utilizar apps nativos junto ao recurso para oferecer experiências positivas com redução de custos, alta performance e eficiência.

Como o PWA ajuda uma empresa?

A partir das características e vantagens citadas, é possível ter uma base sobre as possibilidades de utilização do PWA. Para que elas fiquem mais claras, listamos algumas das maneiras pelas quais a ferramenta ajuda as organizações. Veja quais são elas a seguir.

Orçamento reduzido

Como o desenvolvimento do PWA é o mesmo para todos os tipos de dispositivos, os investimentos das empresas são reduzidos. Contudo, vale ressaltar que a relação entre investimento e tipo de tecnologia sempre depende de muitas variáveis, como qualificação do time envolvido e tipo de aplicativo a ser criado.

Expansão do alcance

Quando o objetivo é alcançar o maior número de usuários possível em mecanismos de busca, os PWAs podem ajudar. Como se trata antes de mais nada de páginas web, podem ser encontrados durante as buscas, exigindo menos etapas para serem baixados.

Entretanto, para que os resultados relacionados ao SEO sejam realmente satisfatórios, é preciso que a estrutura técnica do PWA cumpra com os pré-requisitos necessários ao desempenho em relação a rankeamento, visibilidade e indexação.

Como os procedimentos de Search Engine Optimization estão em constante evolução, é imprescindível contar com profissionais experientes e antenados às tendências.

Utilização off-line

Outra demanda que pode ser suprida com a utilização desse tipo de aplicativo é a utilização mesmo sem conectividade. Isso porque o PWA conta com tecnologias que garantem ao usuário o funcionamento das principais ferramentas da aplicação em modo off-line.

Além disso, também é otimizado para ser usado em redes de baixa velocidade, o que garante a continuidade de processos independentemente da conexão.

Agilidade no acesso

Quando a meta de uma empresa é oferecer carregamento rápido de páginas (de até três segundos), também é possível tirar proveito dos PWAs. Além de carregarem de forma mais ágil que os apps nativos, eles ainda dão uma resposta rápida às interações de usuários, como rolagens e animações fluidas, objetivas e inteligentes.

Esses e outros aspectos se resumem em economia, minimização de esforços, otimização do relacionamento com o público, retenção de clientes, maior alcance e crescimento sustentável.

Como criar um aplicativo PWA?

Depois de ler até aqui, é possível que você esteja interessado em saber como implementar a estratégia. O primeiro passo para criar um aplicativo PWA é fazer uma análise sobre as necessidades e objetivos da empresa com a criação da ferramenta.

Com essas informações em mãos, a próxima etapa é buscar desenvolvedores de sistemas web que tenham conhecimento em PWA e seus requisitos e utilize as ferramentas mais atuais para criação, como CSS, Angular e React.

O prazo para a entrega desse modelo de aplicativo costuma ser mais curto do que o de apps nativos, já que não há a necessidade de usar sistemas como Android Studio, MacBook e outros recursos indispensáveis para a criação de soluções padronizadas.

Exemplos de PWA

Nada melhor do que exemplos para demonstrar as possibilidades de um recurso, concorda? Pensando nisso, listamos alguns cases de sucesso. Confira!

Flipkart

O Flipkart é o maior e-commerce da Índia. A experiência da loja virtual ao investir em uma PWA trouxe um aumento de 70% nas conversões de vendas. Além disso, outros resultados foram um tempo de permanência três vezes maior no site, uma elevação de 40% no engajamento e um consumo de dados quase três vezes menor.

Pinterest

A rede social Pinterest, que conta com quase 300 milhões de usuários em todo o mundo, também passou a utilizar o PWA quando notou que muitas pessoas desinstalavam o aplicativo. Com isso, houve um aumento de 50% nos cliques de campanhas publicitárias e 40% no tempo de permanência no site.

Uber

O Uber é outro exemplo de uso satisfatório do aplicativo PWA. A empresa, que atua como facilitadora no setor de transportes, implementou a solução nos diversos países onde está presente, facilitando a vida do usuário.

Isso porque, além do app não ocupar espaço de armazenamento, é possível acessá-lo em conexões de menor velocidade, como o 2G. Como se tratam de pessoas que muitas vezes estão em locais em que a internet é ruim, a empresa gerou maior acessibilidade e, consequentemente, lucros.

Forbes

A maior revista de negócios dos Estados Unidos também aderiu ao PWA para conquistar leitores. Por meio dessa reformulação de abordagem, alguns resultados foram um aumento de 43% nas sessões por usuário, 20% de elevação nas impressões por páginas e 100% a mais nas taxas de engajamento.

Como você pôde ver, investir em soluções de aplicativo PWA auxilia significativamente em diversos processos, incluindo retenção e fidelização de clientes. Se o conteúdo foi interessante para você, continue acompanhando o blog da Imaginedone para saber mais sobre este e outros assuntos!

Achou esse artigo útil? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Cadastre-se gratuitamente para receber nosso conteúdo