5 soluções tecnológicas que podem aumentar suas vendas

É fato que estamos vivendo em um mundo de constantes transformações, onde a tecnologia tem sido cada vez mais aliada de empresas que precisam se manter no páreo comercial, de um mercado com concorrência acirrada, onde vender se tornou uma verdadeira arte.

Por isso, é preciso ter estratégias bem amarradas e metas definidas a fim de minimizar quaisquer contratempos. E a tecnologia pode ser um braço direito nesse processo. Hoje, é preciso organizar o comercial, otimizar operações, conhecer a fundo o cliente, gerar insights assertivos e tomar decisões favoráveis, para o negócio e, também, para o público.

Num contexto em que as mudanças ocorrem de forma rápida, na mesma medida em que novas soluções são criadas, é importante estar atento às tendências e saber como elas podem ajudar no dia a dia, adequando-as às necessidades e características de cada negócio. 

tecnologia e vendas

Pensando nisso, listamos 5 recursos tecnológicos que estão em alta e podem causar verdadeiras revoluções no seu negócio. Confira:

1. Chatbots

Os chatbots, ou assistentes virtuais, são softwares capazes de interagir com seres humanos a partir de uma linguagem natural, com o objetivo de atender demandas comuns e esclarecer dúvidas de forma ágil e eficiente. Atualmente, é possível integrar os bots em plataformas como sites, WhatsApp, Facebook Messenger, Telegram, sistemas de call center, entre outros.

Não é à toa que muitas empresas já se utilizam dessa tecnologia, e há previsão de crescimento. Para se ter ideia, segundo estudos da MarketsandMarket, que traz perspectivas para 2024, o mercado dos chatbots deve crescer 30% a cada ano. 

Isso se dá pela qualidade do atendimento, mas também pelo fato de que os assistentes virtuais podem reduzir a demanda por trabalho humano em relação a tarefas repetitivas. Além disso, são capazes de armazenar dados valiosos de contato, que são compartilhados durante as conversas. Assim, a base de leads aumenta e, consequentemente, novas oportunidades de vendas surgem.

Um belo exemplo de chatbot robusto e completo é o Einstein Bots, da Salesforce. O sistema é dotado de inteligência artificial (IA), por isso, é capaz de realizar conversas automatizadas, que podem ser integradas ao serviço de atendimento a clientes ou às estratégias de vendas da empresa. 

Além de IA, a tecnologia se utiliza de recursos como NLP (Natural Language Processing ou Processamento de Linguagem Natural) e NLU (Natural Language Understanding ou Compreensão de Linguagem Natural), que permite uma conversa mais fluida e natural com o público, além de compreender mais efetivamente as mensagens do chat.

É uma tecnologia de ponta que oferece uma experiência completa ao cliente. A Imaginedone oferece esse serviço, caso tenha interesse, não deixe de entrar em contato.

2. CRM

Os sistemas de Customer Relationship Management (CRM), ou Gestão de Relacionamento com o Cliente, registram informações de todos os pontos de contato do lead com a empresa e permitem o gerenciamento dessas informações. Desse modo, a empresa consegue manter uma base de dados repleta de informações que são cruciais para uma abordagem mais assertiva e personalizada na jornada de cada cliente.

Isso porque, o CRM ajuda a empresa a construir um relacionamento com o cliente e alimentá-lo até que ele esteja pronto para, de fato, concretizar a compra. Sabemos que a jornada de compra é um processo que pode ser longo e, por vezes, complicado. E é por isso que cada informação é tão imprescindível na construção de um caminho positivo para a venda.

Hoje, com o avanço da tecnologia, os softwares de CRM são ferramentas poderosas que permitem diversas ações e auxiliam diretamente nos setores de marketing e vendas da empresa. Através dele, é possível disparar e-mails, gerar relatórios, acompanhar postagens e acessos do site e blog da empresa, traçar e conduzir estratégias. As possibilidades são numerosas e os resultados são excelentes.

Conheça o Quickdone e aumente suas vendas

Engana-se quem pensa que um CRM é limitado apenas para empresas de grande porte. Toda e qualquer empresa, de qualquer porte ou segmento pode, e deve, aderir ao CRM. Com tantas opções disponíveis no mercado, é possível encontrar uma que se adequa perfeitamente ao seu negócio.

Se o seu objetivo é implementar um CRM de forma rápida e com um custo de investimento menor, o Quickdone, da Imaginedone, pode ser uma boa opção para sua empresa.

O Quickgone é um pacote de implementação do Marketing Cloud e Sales Cloud Salesforce desenvolvido pela Imaginedone. Ao longo de mais de uma década de experiência desenvolvendo projetos, nosso time identificou as demandas mais comuns e recorrentes e criou aceleradores internos, que deixam todo o processo de implantação do CRM mais rápido do que o convencional. 

A Notória Seguros é um exemplo de implementação bem sucedida do pacote Quickdone. A corretora de Seguros buscava um sistema robusto que atendesse suas necessidades. Após a implantação do Marketing Cloud e Sales Cloud Quickdone, possibilitamos mais autonomia, qualidade de base de dados, além de uma visão 360 do negócio.

Como refletiu Eduardo Cipriano, sócio fundador e responsável técnico da Notória Seguros: “Não é só uma corretora gigante que pode ter um CRM Salesforce”. Então não perca tempo e entre em contato com a gente para saber mais informações sobre o Quickdone.

Leia o case da Notória Seguros completo clicando aqui.

3. ERP

O Enterprise Resource Planning (ERP) é um sistema de gestão que permite acesso facilitado, integrado e seguro aos dados de um negócio. Ele centraliza diversas áreas em uma única plataforma, fazendo com que o fluxo de informações seja compartilhado com facilidade. 

Isso eleva o controle e o acompanhamento dos processos. Afinal, se cada setor utilizar um software diferente, podem ocorrer erros na base de dados e acabar comprometendo a produtividade da equipe.

Na prática, o software auxilia o time em atividades cotidianas da empresa, como: administrar as contas, pagar e receber, monitorar as vendas e acompanhar os pedidos de compras. Além disso, ajuda na gestão de pessoas através de informações sobre o desempenho de cada funcionário, por exemplo. 

Além disso, o ERP otimiza e automatiza processos de vários aplicativos, o que economiza tempo e custos. Um exemplo é a automatização de e-mails a serem enviados aos clientes durante a criação de uma campanha. 

Dados precisos e em tempo real se tornam disponíveis, assim como as informações necessárias para tomar decisões importantes. O software também facilita a comunicação entre os colaboradores, mesmo que estejam em áreas distintas.

Além disso, pode auxiliar os departamentos de RH e finanças. Por exemplo, o gestor de RH lança os dados dos colaboradores, enquanto o financeiro insere as informações de pagamentos. Ou seja, a tecnologia faz o controle de todo o ciclo para evitar erros nos valores repassados.

4. Big Data

Um dos pilares da transformação digital certamente é o Big Data. Isso porque, é o responsável pelo imenso volume de informações que pode ser gerado por tecnologias como a Internet das Coisas (IoT), por exemplo.  

Na prática, é todo e qualquer dado que pode ser coletado sobre uma empresa ou um assunto, os quais são advindos de fontes tradicionais e digitais internas e externas a um negócio, que representam uma fonte de descoberta e análise contínuas. 

Um exemplo simples são as redes sociais, como YouTube, Facebook e Twitter, que diariamente geram um grande número de dados capazes de trazer insights importantes aos usuários e empresas. 

O Big Data é composto por três Vs. São eles:

  • Volume: que se refere a processar grandes volumes de dados não estruturados de baixa densidade.
  • Velocidade: relacionada à taxa mais rápida na qual os dados são recebidos e talvez administrados.
  • Variedade: que, como o nome sugere, indica o grande número de ferramentas que possuem informações disponíveis.

Hoje, esta tecnologia tem se tornado cada vez mais essencial para empresas . Pense, por exemplo, em algumas das maiores companhias de tecnologia do mundo. Uma grande parte do valor que elas oferecem vem de seus dados, que são coletados, armazenados e analisados constantemente para produzir mais eficiência e desenvolver novos produtos.

5. Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia de atração de clientes por meio da criação de conteúdo relevante para os canais de comunicação da empresa, que pode ser por meio de textos no blog, vídeos, ebooks e posts em redes sociais. Ele é um método de Marketing que não faz promoção direta, mas atrai o público-alvo ao trazer soluções para seus problemas.

Para se ter ideia sobre a sua importância, dados do Google apontam que 89% dos compradores B2B, usam a plataforma para pesquisar produtos ou serviços e que, em média, eles navegam por 12 sites antes de definirem o fornecedor ideal para fechar a compra.

Em contrapartida, apenas 18% dos consumidores fazem suas compras sem nenhuma consulta virtual. E ainda, 47%, mesmo estando em um PDV, acessam a internet antes de efetivarem a compra.

Com a ferramenta, seu negócio pode envolver e gerar valor para as pessoas, de modo a criar uma percepção positiva da marca e, assim, gerar mais vendas.

Como você pôde comprovar, a tecnologia está à disposição das empresas que querem conquistar o público. Por isso, é fundamental ter diferencial competitivo, elevar a produtividade, para então, obter melhores resultados. 

E aí, já sabe qual estratégia implementar na sua empresa? 

Até mais!!

CONTATO

Achou esse artigo útil? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Cadastre-se gratuitamente para receber nosso conteúdo