A importância do uso de dados em estratégias de Marketing

O Marketing é uma área que tem ganhado cada vez mais importância dentro das empresas. Essas, com a necessidade de ocupar um espaço de destaque no mercado e se destacar da concorrência, tem entendido o valor das estratégias de marketing nesse processo. 

Mas para que estratégias sejam bem sucedidas, é imprescindível que se conheça o público alvo do negócio e também o seu comportamento. Isso envolve hábitos, dores e desejos, para os quais todas as ações devem ser direcionadas. E assim, uma das ferramentas mais importantes para se ter uma boa estratégia de marketing são os dados.

Entenda o porquê os dados são tão importantes ao desenhar estratégias de marketing para sua empresa:

Quais são os tipos de dados que podem ser coletados pelo Marketing?

Segundo informações do Social Good Brasil – SGB, o volume de dados criados nos últimos anos é maior do que o produzido em toda a história da humanidade. Além disso, a produção das informações dobra a cada dois anos e em 2021, chegou a 350 zettabytes, o equivalente a 35 trilhões de gigabytes. 

Um número impressionante, concorda? No entanto, você pode estar se perguntando que tipo de dados são importantes para a estratégia de Marketing. São eles:

  • Estruturados: relatórios, informações internas, entre outros;
  • Semiestruturados: dados sociais e originados de soluções de Marketing Digital das empresas, como redes sociais, e-mails marketing e Inbound Marketing;
  • Não estruturados: dados fragmentados e sem uma lógica preestabelecida, os quais podem ser estruturados e analisados com o auxílio de sistemas.

Por que priorizar o uso de dados no setor?

É praticamente impossível que qualquer estratégia de Marketing tenha os resultados esperados, ou acima das expectativas, sem o conhecimento dos potenciais e atuais clientes. Afinal, as campanhas serão mais efetivas se pensadas e direcionadas estrategicamente para um determinado público.

Atirar para qualquer lado, ou ainda, fazer uma campanha baseada em achismo não é uma ação muito inteligente, visto que o seu público-alvo pode apresentar um perfil completamente contrário ao imaginado e não se comunicar bem com a sua estratégia.

E o uso de dados entra justamente para cessar essa lacuna. Usar dados significa se comunicar efetivamente, e sabemos que a comunicação é a base de tudo.

Melhor segmentação do público

Se uma ação de Marketing é feita no “escuro”, sem os devidos cuidados com a segmentação do público, a tendência ao desperdício de recursos e insatisfação com os resultados é grande. 

Afinal, se o público não se relacionar com a mensagem da empresa, dificilmente será impactado por seus produtos e/ou serviços ofertados. Logo, uma campanha será perdida e não alcançará os objetivos almejados.

Em contrapartida, quando há uma orientação por dados, a estratégia se torna mais certeira, podendo chegar a quem realmente tem interesse de se relacionar com a empresa.

Diferencial competitivo

A concorrência tem estado cada vez mais acirrada no mundo digital. Com as ferramentas tecnológicas disponíveis no mundo de hoje, que otimizam as operações em vários sentidos, se destacar no mercado tem se tornado cada vez mais difícil.

Logo, o marketing digital tem ganhado espaço e se mostrado uma verdadeira revolução nessa corrida comercial. E é por isso que os dados ajudam tanto, especialmente na resolução de insights que podem ser a virada de chave de qualquer negócio.

Identificação de padrões e tendências de consumo

A partir do momento em que o Marketing passa a ser direcionado por dados, é possível se antecipar a padrões e tendências de consumo, fazendo com que a empresa esteja à frente para criar campanhas e oferecer soluções condizentes a elas. Isso, por sua vez, impacta na satisfação e boa experiência do cliente, gerando melhores resultados.

Tomada de decisões assertiva

Tomar decisões é sempre um desafio para os gestores, pois elas podem definir o futuro da empresa. Na área de Marketing, isso é determinante para o sucesso de qualquer estratégia, especialmente sobre a percepção dos clientes para com a marca.

Por isso, é importante que esse processo seja estruturado, embasado em dados e informações confiáveis, que tornem as escolhas mais precisas e menos arriscadas. No mercado competitivo atual, tomar um caminho equivocado pode ter grandes consequências para a empresa.

De que forma iniciar uma estratégia orientada por dados?

2 | marketing

O primeiro passo para que isso ocorra de forma eficiente é ter foco. Ou seja, a noção exata sobre quais dados são relevantes para o Marketing, mantendo a atenção nas métricas e KPIs que deverão ser analisados. 

Entre elas estão leads por canal (redes sociais, e-mails, chatbots, etc), taxa de abertura de e-mail, engajamento, recorrência de compra, ticket médio, Custo de Aquisição Clientes (CAC), Retorno sobre o Investimento (ROI) e outras.

Com isso em mente, chega o momento de buscar ferramentas tecnológicas que ajudem a entender o cliente, mapear a jornada de compra e identificar padrões, como estratégias que trazem melhores resultados.

O objetivo é reunir informações que embasam as decisões diárias, facilitem o trabalho dos colaboradores, minimizem o desperdício de recursos, otimizem a operação e tornem o Marketing cada vez mais eficiente e assertivo no sentido de atrair, conquistar e fidelizar clientes.

Nesse contexto, vale frisar que, tão importante quanto ter as ferramentas adequadas, é contar com uma equipe de colaboradores que saiba analisá-las de forma estratégica e criar campanhas memoráveis.

Como um CRM pode ajudar 

3 | marketing

Um software CRM auxilia diretamente o setor de Marketing na coleta e análise de dados, trazendo tanto informações demográficas como idade, gênero e localização, quanto comportamento, preferências e jornada de compra. 

Nesse aspecto, uma ferramenta que atende a estas necessidades de forma eficiente e com custos reduzidos em relação aos CRMs mais robustos do mercado, é o Marketing Cloud QuickDone, um pacote de aceleradores internos desenvolvido pela Imaginedone. 

Ele apresenta módulos de implementação predefinidos para agilizar a configuração e permitir que empresas de diferentes tamanhos e segmentos possam aproveitar os benefícios do CRM Salesforce de forma mais prática e rápida.

O objetivo do Marketing Cloud Quickdone é automatizar os processos de Marketing e melhorar a comunicação com o público-alvo. Então, além de conseguir uma visão integrada da jornada do consumidor, é possível potencializar o desempenho da sua equipe e melhorar os resultados.

Se você gostou deste conteúdo sobre uso de dados, confira o artigo que trata do melhor canal para se comunicar com o cliente!

Até mais!!

CONTATO

Achou esse artigo útil? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Cadastre-se gratuitamente para receber nosso conteúdo