Post: Por que APIs são tão utilizadas nos negócios

Nos dias de hoje, é difícil imaginar um negócio que não dependa integralmente de tecnologia para existir. Isso porque, com um mundo cada vez mais globalizado, o mercado precisa se adaptar constantemente a mudanças de hábitos, consumo, cultura e consumidores.

Com isso, cada vez mais, empresas precisam contar com o apoio de recursos tecnológicos para seguirem se reinventando em meio a tantas transformações. 

Acontece que, com tantas opções no mercado, fica difícil acompanhar o ritmo acelerado das inovações, e por vezes, acaba-se entrando em um abismo desconhecido, cheio de termos difíceis e soluções super complexas. Um verdadeiro bicho de sete cabeças para quem não entende do assunto.

Micro e pequenos empreendedores costumam sentir ainda mais dificuldade nesse processo. Grandes empresas costumam ter departamentos específicos com profissionais especializados para lidar com essas questões, o que – comumente – não ocorre com PMEs.

Entretanto, é imprescindível buscar conhecimento e se inteirar sobre esses recursos, afinal de contas, eles estão aí para tornar nossa vida – e rotina – mais fácil e prática. As APIs são um exemplo disso. Já ouvi falar sobre?

O que é e para que serve uma API

Por que APIs são tão utilizadas nos negócios, Imaginedone

API é a sigla para Application Programming Interface, ou Interface de Programação de Aplicativos em bom português.

As APIs são, em uma definição simples, um conjunto de padrões e protocolos para a construção e integração de aplicativos de software.

Esta definição pode soar um tanto abstrata, mas para que se torne mais tangível, imagine as APIs como uma espécie de porta de comunicação aberta em um sistema, através do qual outros sistemas podem se conectar.

Por exemplo: com a infinidade de diferentes sistemas e plataformas que temos disponíveis hoje, ter uma conexão entre elas é fundamental para o bom funcionamento de uma empresa. 

Imagina que sua empresa utiliza um software de gestão de vendas que é diferente do usado pelo marketing, que é diferente do sistema utilizado pelo departamento de atendimento ao cliente. 

Com tantos dados gerados em sistemas diferentes, é imprescindível que haja formas de unificá-los e deixá-los disponíveis ao uso da empresa. Mas, como assim?

Imagina que a equipe de vendas solicita uma campanha de remarketing para o time de marketing. Entretanto, sem os dados dos leads detidos pelo time comercial, é impossível realizar a campanha. Com sistemas e bancos de dados distintos, essa pode ser uma grande dor de cabeça, afinal de contas, como fazer para que os dados do CRM de vendas sejam disponibilizados ao marketing? É preciso fazer todo o trabalho manualmente? Para a alegria do time de marketing não é necessário, e é aí que as APIs entram para salvar tempo e trabalho.

As APIs permitem a integração desses sistemas e consequentemente o cruzamento de dados, tornando possível que ações como essas sejam de fato realizadas.

Entretanto, essa ideia pode suscitar preocupações com a segurança do sistema que abre essa “porta”. Será através delas que poderiam ser acessados dados que não deveriam ser compartilhados? Ou até mesmo o próprio código-fonte do sistema?

Pois bem, é justamente essa fragilidade que as APIs se propõem a contornar. Através da sua utilização, é possível “abrir” o sistema de maneira segura, permitindo que outros sistemas acessem dados altamente específicos e através deles possam ser construídas novas funcionalidades que facilitem a utilização da aplicação.

APIs e suas aplicações

A essa altura, você talvez já esteja visualizando a importância das APIs para os mais diversos sistemas, além de imaginar todo o trabalho que pode ser poupado com sua utilização.

Mas se ainda restam dúvidas, vamos considerar um cenário hipotético para proporcionar um melhor entendimento:

Imagine que você trabalhe para uma startup que desenvolve aplicações web e mobile. Seu novo cliente – que aqui chamaremos de Pett – é uma empresa de Pet Shop.

A Pett lhes procurou em busca de uma solução que automatizasse e descentralizasse o contato entre o pet shop e os donos de pets, durante o processo de coleta dos animais em casa para o banho e tosa.

A solução encontrada foi a criação de um app que fizesse toda a logística de agendamento online, retirada – através do envio de dados para os motoristas, e confirmação de entrega dos animais em casa após a finalização do serviço.

Com o objetivo definido, é hora de criar o app.

Após muita programação, correções, ajustes e aprovações com o cliente, o app está todo estruturado. Entretanto, é hora de colocá-lo na fase de testes, e para que isso ocorra, ele precisa estar configurado e com suas funcionalidades já disponíveis para uso. E qual é uma das principais funções ofertadas pela Pett através do aplicativo? A programação de retirada e entrega dos animais de forma automatizada. 

E como o sistema enviará informações cruzadas para os motoristas, é essencial que haja uma interação entre o aplicativo da Pett e algum sistema de mapas, que será capaz de traçar rotas e identificar automaticamente os endereços dos clientes.

E é aí que as APIs entram no negócio. O desenvolvimento de um sistema de mapeamento geográfico custa caro e é muito trabalhoso. Entretanto, com as APIs, é possível fazer a integração do aplicativo da Pett com alguma aplicação de mapas já existentes – como o Google Maps, por exemplo.

Este é um exemplo típico de como as APIs poupam tempo, dinheiro e até mesmo viabilizam modelos de negócios inteiros. Obviamente não é viável e nem faz sentido que cada um entre os milhares de aplicativos de delivery ou coleta, desenvolva seu próprio sistema de mapas, não é verdade? 

Sem as APIs, essa seria a única alternativa, e provavelmente a grande maioria dos aplicativos similares a esse sequer existiriam.

As APIs estão por todos os lados

A esse ponto você já entende a importância das APIs nos negócios, não é mesmo?! Mas adivinha só: a gente lida com elas a todo momento sem nem se dar conta disso.

As APIs são tão utilizadas no mercado, que temos acesso a elas em aplicações comuns em nosso cotidiano. 

Quer alguns exemplos? Então segue a lista:

Login social

Por que APIs são tão utilizadas nos negócios, Imaginedone

Já precisou se logar em algum site ou aplicativo e, ao invés de ter que criar uma conta do zero, utilizou o mesmo login de uma rede social, como Facebook, Twitter, Linkedin ou mesmo o Gmail?

Pois bem, esse é um clássico exemplo de como as APIs estão presentes em nosso dia a dia. E convenhamos, aproveitar um login existente é muito mais prático e dinâmico do que criar um novo, né?!

Por isso as APIs são tão importantes e nos ajudam a poupar tempo e esforço.

Carteiras virtuais

Por que APIs são tão utilizadas nos negócios, Imaginedone

Já saiu de casa para dar aquela caminhada e não levou a carteira porque não tinha pretensão de comprar nada, mas aí se deparou com uma super promoção? O que você faria nessa situação?

Algum tempo atrás, provavelmente teria que voltar correndo em casa para buscar a carteira, correndo o risco de perder o desconto e ficar sem produtos. Hoje em dia, conseguimos resolver esse problema facilmente com o celular, ou smartwatch. 

Com a popularização das carteiras digitais e a facilidade que elas nos trouxe, você nem precisa ter dinheiro para realizar uma compra, já que basta ter limite de crédito ou saldo disponível para empréstimo.

E adivinha só: as carteiras digitais são um tipo de API. Elas integram diferentes aplicações – bancos, documentos – em um único lugar e te possibilita realizar diversas ações por meio delas.

Compartilhamento de conteúdo em redes sociais

Por que APIs são tão utilizadas nos negócios, Imaginedone

Você já compartilhou uma notícia que achou interessante com seus contatos do Whatsapp, sem precisar copiar link ou escrever textos, apenas clicando em um botão de compartilhamento? Ou compartilhou aquela música que você ama diretamente da sua plataforma de streaming favorita com seus amigos nos stories? 

Pois saiba que todas essas funções são possíveis graças às APIs.

Widgets para smartphones

Por que APIs são tão utilizadas nos negócios, Imaginedone

É provável que você utilize pequenas aplicações diretamente na área de trabalho do seu celular, como a previsão do tempo e clima da sua cidade, listagem das últimas mensagens recebidas no Whatsapp, cotações em tempo real de moedas estrangeiras ou de ações na bolsa. 

O funcionamento de todos os widgets disponíveis em seu smartphone é totalmente estabelecido por APIs. Já imaginou como seria complicado e trabalhoso não ter acesso a eles? Ter que pesquisar no Google cada vez que desejar saber o clima ou as horas? Agradeço as APIs.

Tipos de APIs para empresas

Por que APIs são tão utilizadas nos negócios, Imaginedone

Compartilhar produtos e serviços através de APIs traz inúmeros benefícios ao negócios, como você pode perceber ao longo de nosso artigo.

E se você deseja utilizar APIs em sua empresa, saiba que existem 3 tipos à sua disposição.

São elas:

API privada: destinada ao uso interno, integra apenas sistemas proprietários da organização e facilita o compartilhamento de dados entre diferentes setores.

API entre parceiros: similar à API privada, porém não restringe o uso ao ambiente interno da organização. Ao invés disso, possibilita o acesso também por parceiros externos previamente autorizados.

API pública: APIs abertas destinadas a quem busca conexão com o sistema da empresa provedora. Obviamente a organização pode controlar quais dados ficarão acessíveis, focando naqueles que possibilitam a geração de receita, difusão da marca, aquisição de novos usuários ou qualquer outro objetivo que faça sentido para o negócio. Os exemplos apresentados anteriormente se tratam todos de APIs públicas.

Em um mundo tão conectado e um mercado cada vez mais competitivo, é de suma importância buscar meios e recursos para se manter em alta com a concorrência.

As APIs são extremamente importantes nesse processo e devem ser utilizadas como uma via de integração facilitada, automação de processos, dinamicidade, além de muita inovação – fator que não é mais um diferencial competitivo e sim uma necessidade.

Por que APIs são tão utilizadas nos negócios, Imaginedone

Achou esse artigo útil? Então compartilhe!

Cadastre-se gratuitamente para receber nosso conteúdo