O que é Analítica Aumentada e como ela pode ajudar a área de marketing e vendas

O futuro da análise de dados. Assim é conhecida a Analítica Aumentada, ou Augmented Analytics, uma tendência capaz de facilitar os processos não somente para cientistas de dados, mas para diversas áreas de uma empresa, o que inclui marketing e vendas.Isso porque se trata de uma ferramenta avançada de processamento de informações, as quais, como se sabe, são cada vez mais valiosas para os negócios.

A princípio pode parecer um conceito complexo, mas na realidade é simples de entender. A Analítica Aumentada é um segmento da inteligência aumentada que automatiza o insight de dados por meio de recursos de big data, machine learning e processamento de linguagem natural (PNL), para revolucionar a forma como o conteúdo analítico é criado, consumido e compartilhado.

Com o uso da tecnologia, as organizações podem tornar-se mais competitivas, reduzir custos e otimizar os resultados. Para a área de marketing e relacionamento, é um grande diferencial por permitir um entendimento muito mais aprofundado do potencial cliente, ao mesmo tempo em que há a agilidade e produtividade essenciais em um mercado que está em plena transformação digital.

Qual a diferença entre analítica aumentada e a tradicional?

Segundo uma estimativa da Gartner, hoje os profissionais de Business Intelligence que não utilizam Analítica Aumentada gastam aproximadamente 80% do seu tempo coletando, preparando e limpando os dados. Já com o uso do recurso, é possível realizar análises robustas, explorando inúmeras informações relevantes em uma pequena fração do tempo utilizado normalmente.

Somente por aí é possível ter uma ideia de como a tecnologia pode contribuir com o dia a dia das empresas. Outro aspecto que a diferencia das análises tradicionais são a capacidade de incluir o processamento de linguagem natural e interfaces de conversação, possibilitando que a mão de obra humana interaja com dados e insights, otimizando a produtividade e a tomada de decisão de forma significativa.

Além disso, sabe aqueles relatórios que levam algum tempo para serem desenvolvidos? Com a Augmented Analytics isso não é necessário, já que as respostas estão todas disponíveis em tempo real. Não é à toa que, de acordo com a Gartner, até 2021 a ferramenta será ainda mais impulsionada, levando a adoção por aproximadamente 50% das companhias.

Quais os benefícios em adotar a Analítica Aumentada no marketing?

A Analítica Aumentada é um dos elementos que modificarão por completo os processos realizados por profissionais de marketing atualmente.  Na prática, os executivos, gerentes e demais profissionais da área que dependem das análises de terceiros para mensuração de resultados e planejamento, o que torna o trabalho demorado, pouco produtivo e caro, passam a ter o controle dos processos nas mãos.

Como é de se imaginar, isso reduz custos, na mesma medida em que otimiza o desenvolvimento de campanhas e ações de relacionamento com o cliente, a partir de um embasamento muito mais detalhado. Confira algumas vantagens de sua utilização:

Integração das fontes de dados

Para oferecer uma boa experiência ao consumidor nos dias de hoje, é essencial disponibilizar diversos canais de relacionamento. Porém, para que tenham a relevância necessária, um grande volume de dados deve ser analisado, a princípio de forma isolada, para então se integrarem em relatórios e sistemas.

A Analítica Aumentada permite uma profunda integração das fontes de dados advindos, por exemplo, de páginas em redes sociais, blogs e buscas por palavra-chave no Google. Mais do que isso, além de coletadas, as informações são limpas e trazem inteligência para a área, sem que sejam necessários grandes esforços.

Isso possibilita aos profissionais gerenciarem as ferramentas de forma otimizada, tomando decisões assertivas que promovam percepções positivas, engajamento e fidelização.

Agilidade

Com a Analítica Aumentada tudo flui mais rápido no setor de marketing. A tecnologia assume uma grande carga de trabalho, fazendo com que os profissionais não precisem empregar esforços na busca por padrões e tendências, já que o machine learning é capaz de encontrá-los sem a intervenção humana.

Por não precisarem se dedicar a questões técnicas e operacionais, podem focar na criação de relacionamentos sólidos e duradouros com os clientes, gerar valor para os negócios e obter melhores resultados.

Facilita a análise do comportamento online

A jornada de compra do consumidor não é linear. Antes de se decidir por determinada marca, esse navega pelo site, depois segue para as redes sociais, que as levam ao blog, até voltarem ao site e assim sucessivamente.

Por meio da Analítica Aumentada, é possível compilar perfis ricos em dados a partir de diferentes segmentos de público. A tecnologia captura todas as interações que o usuário teve com a marca, demonstrando suas características, preferências e até mesmo dificuldades que possa ter apresentado ao longo do funil.

Essa análise de comportamento favorece de forma importante a área de marketing que, por sua vez, pode criar ações segmentadas que vão exatamente de encontro a ele.

Como a área de vendas pode ser beneficiada?

Marketing e vendas são áreas interdependentes. Enquanto uma é responsável pela atração de leads a outra deve fechar negócios. Como a Analítica Aumentada favorece consideravelmente o marketing, automaticamente as vendas têm mais chances de acontecer.

Para o setor de comércio eletrônico, especificamente, os dados proporcionados pela tecnologia podem trazer benefícios como:

Hiper-personalização

O consumidor atual quer ser atendido de forma hiper-personalizada, de forma com que navegue com facilidade, tenha seus questionamentos supridos imediatamente e faça seus pedidos com a mesma rapidez que os recebe em casa.

Além disso, durante a navegação espera encontrar produtos que atendam suas expectativas sem perder tempo, caso contrário pode desistir e procurar a concorrência. Segundo um relatório do Boston Consulting Group (BCG), varejistas que implementam ferramentas de personalização e recomendação podem ter um aumento de 6% a 10% nas vendas, uma taxa duas a três vezes maior do que aqueles que não contam com o recurso.

Com os avanços da Analítica Aumentada e a integração entre as diversas plataformas, é possível coletar e analisar dados de diferentes canais para oferecer experiências únicas e personalizadas, aumentando a conversão e reduzindo o tempo das transações.

Implementação de preço dinâmico

A estratégia de preço dinâmico, que altera os valores de produtos conforme a oferta e a demanda, é favorecida com a Analítica Aumentada. Essa desbloqueia o acesso a dados mais detalhados, permitindo que se aumente ou diminua preços em tempo real, conforme os processos forem acontecendo.

Segundo a Deloitte, o gerenciamento de preços baseado em dados pode promover um crescimento médio no retorno sobre o investimento (ROI) de 200% a 350% em um ano. É um valor a se considerar, concorda?

Com o recurso, é possível analisar dados de clientes, de preços competitivos, de transações de vendas para prever oferecer de desconto, em quais produtos, bem como calcular de forma dinâmica quantidade mínima de desconto necessário para garantir a venda.

Grandes companhias que já se utilizam da estratégia, como é o caso da Amazon, por exemplo, estão deixando a concorrência para trás de forma rápida.

Melhorias no site

A prática de acompanhar as ações dos consumidores nas lojas virtuais para avaliar a usabilidade das páginas, identificar pontos de melhoria para otimizar as conversões e desenvolver modelos preditivos já é comum.

Porém, com o auxílio da Analítica Aumentada todas essas ações podem ser tornar muito mais eficientes. A partir do acesso rápido a um grande volume de dados, os quais seriam inviáveis de coletar e analisar sem o auxílio da tecnologia, as empresas podem desenvolver estratégias robustas para melhorar constantemente a loja e, com isso, oferecer uma experiência positiva que gere vendas.

Quando a tecnologia começou a ser citada, em 2017, o mercado global de Analítica Aumentada recebeu US$4,09 bilhões em investimentos. Para 2025, esse número deve chegar a US$29,86 bilhões, registrando uma taxa de crescimento anual composta de 28,4%.

Isso significa que as organizações estão em busca de recursos cada vez mais eficientes para aumentar a produtividade e otimizar o relacionamento com seus clientes, de modo a lucrar mais.

Quando mais rápido sua empresa se adaptar a essa tecnologia, maior será o diferencial competitivo e as chances de se manter em crescimento nesse mercado onde os dados são cada vez mais indispensáveis.

Gostou do artigo sobre Analítica Aumentada? Então não deixe de conferir o conteúdo sobre machine learning para vendas!

Achou esse artigo útil? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Cadastre-se gratuitamente para receber nosso conteúdo